Posts Tagged 'São Paulo'

Contagem Regressiva: 10, 9, 8… é a 33ª Mostra de Cinema SP!

Cinéfilos do mundo, uni-vos!

Começa amanhã a 33ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o maior evento de cinema do Brasil e da América Latina. Este ano, cerca de 400 títulos foram selecionados entre mais de 700 inscritos e serão exibidos em 17 salas de cinema espalhadas pela cidade, até o dia 5/11. E tem de tudo: dos indicados aos grandes festivais internacionais como Cannes, Veneza, Sundance, Berlim até avant-premièrs nacionais e internacionais. Longas,médias, curtas, animações, documentários, retrospectivas, homenagens, debates e encontros, enfim, a mostra paulistana é, sem dúvida alguma, o momento da cinefilia brasileira.

Cartaz_Mostra_SP

A largada da Mostra será dada hoje a noite no Auditório Ibirapuera, com a exibição de “À Procura de Eric”, de Ken Loach, aplaudido na última edição do Festival de Cannes. A sessão inaugural será exclusiva para convidados.

Looking_for_Eric

Além dos filmes, a Mostra receberá dezenas de convidados, alguns estrangeiros, como é o caso da atriz francesa Fanny Ardant, homenageada deste ano e que vem para divulgar o filme “Cinzas e Sangue”, sua estreia na direção. Quem também vem é o diretor israelense Amos Gitai, que nesta edição da mostra exibe os inéditos “Carmel” e “A Guerra dos Filhos da Luz Contra os Filhos das Trevas“. E para os profissionais e estudantes de cinema interessados em aprender técnicas de iluminação, o diretor de fotografia Christian Berger, de “A Fita Branca” (Palma de Ouro em Cannes) ministrará duas oficinas exclusivas para este público, uma no dia 2/11 (profissionais) e outra dia 4/11 (estudantes), às 10hs, na Cinemateca e na FAAP.

Carmel_Amos_GitaiCena de “Carmel”, Amos Gitai”…

cendres-et-sang… e cartaz de “Cinzas e Sangue”, de Fanny Ardant

Novidade é o Prêmio Itamaraty Cinema Brasileiro, concedido pela primeira vez na Mostra Internacional de Cinema e que oferecerá R$ 90 mil em prêmios, entre três categorias (longa de ficção, documentário e curta-metragem). Outra novidade, esta imperdível, é a exibição de 24 longas na internet, disponível aos primeiros 300 acessos logo após a exibição do mesmo título na sala de cinema. A boa nova é do Cineclick!

Se interessou pela Mostra?  Ainda há pacotes de ingressos e permanentes à venda (pacotes de 20 ingressos esgotaram!), de R$ 76,50 a R$ 390,00, na Central da Mostra, dentro do Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2073), ou entradas individuais ao preço de R$14,00 (seg. a qui) e R$18,00 (sex., sáb. e dom.). Consulte a programação com data, local e horário das sessões no Site da Mostra.

Ah! E como já é tradicional, este Le Champo fará a cobertura do evento, trazendo resenhas, dicas, informações e tudo o que rolar no evento mais aguardado do calendário cinéfilo.

Nos vemos por aí!

Anúncios

Cinema e chorinho ao luar!

Nada poderia ser mais poético: ver filmes fofos ao ar livre num dos parques mais emblemáticos da cidade de São Paulo, o Ibirapuera.

É o projeto “Cinema ao Luar”, evento que acontece de hoje (24)  até domingo (26), no Auditório Ibirapuera (Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 2), em comemoração do Ano da França ao Brasil. A ideia é fazer aqui algo parecido com os festivais de cinema ao ar livre de Paris, como os que acontecem no Parc La Villete, na capital francesa.

As exibições de filmes franceses serão precedidas por apresentações de música instrumental brasileira, que contará com músicos convidados e com a OBA – Orquestra Brasileira do Auditório.

A programação começa hoje, às 19hs, com show do flautista Carlos Malta + OBA. Em seguida, às 20hs, será exibido ” O Gosto dos Outros“, de Agnès Jaoui (França, 2000), comédia que conta a história de um homem de negócios que se encanta por sua professora de inglês. 

le-gout-des-autres

Amanhã, em sessão que promete concorrência, será a vez do chorinho do maestro Laercio de Freitas que, acompanhado pela OBA, abrirá a exibição de “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain“, de Jean-Pierre Jeunet (França, 2001), às 18hs. Bem, acho que este filme dispensa comentários, mas se vc ainda não sabe do que se trata, dá uma olhada no trailler:

A apresentação da Banda Mantiqueira, às 17hs e a exibição da comédia “Asterix e Obelix: Missão Cleópatra“, de Alain Chabat (França, 2002) encerram o evento no domingo. 

asterix-e-obelix-missão-cleópatra

 

Ah, e fica a recomendação: vá bem agasalhado e prepare a capa de chuva- as previsões do site climatempo não são lá muito animadoras!

Et bon film!!!

Mais de Bergman, um pouco de Fassbinder e bons destaques estrangeiros na 32ª Mostra Internacional de Cinema!

Cinéfilos de São Paulo, uni-vos! De 16 a 30 de outubro será realizado o mais aguardado evento cinematográfico da cidade: a 32ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo!

Até aí, normal… se não fosse as boas novas divulgadas no site Ilustrada no Cinema: além dos bons e premiados filmes do mundo todo que assistimos antes da maioria das pessoas, a 32ª edição do Festival homenageará o mestre máximo do cinema (na minha modesta opinião) – Ingmar Bergman!

A Retrospectiva Bergman se aproveita dos 90 anos que faria o cineasta este ano para exibir filmes raros, indisponíveis no formato DVD e pouco vistos no país. São cópias novas, em 35mm, reproduzidas em 2007 pelo Instituto Sueco e que virão ao Brasil pela primeira vez. Até o momento, compõem a retrospectiva 10 filmes, mas a expectativa é que outros entrem, como uma série de comerciais que o cineasta fez para uma marca de sabonetes!

Entre os selecionados estão os primeiros longas de Bergman, “A Crise” e “Chove em Nosso Amor”, ambos de 1946; “Prisão” (1949); “Rumo à Alegria” (1950); “No Limiar da Vida” (1958); “A Hora do Lobo” e “Vergonha” (1968); “A Paixão de Ana” (1969); “Fanny e Alexander” (1982) e por fim, “Na presença de um Palhaço” (1997).

O tributo ao gênio não pára por aí. Além de filmes, a Mostra prepara uma exposição de fotos, “Meus Encontros com Bergman”, do fotógrafo sueco Ove Wallin e, em parceria com a editora Cosac Naify, relança a autobiografia “Lanterna Mágica”, de 1987, em que Bergman expõe sua vida particular. O custo do livro, adianta a Folha, será de R$ 59.

Além do cineasta sueco, outro importante autor será lembrado no evento: Fassbinder. Sua obra-prima “Berlin Alexanderplatz”, série que o diretor fez para a tv alemã em 1980 e que causou frisson na 9ª edição da Mostra será exibida em cópia restaurada (35mm) a partir do dia 25/10. Seus 14 episódios, ou seja, mais de 15 horas de projeção, serão divididas em 3 capítulos por noite. 

E por fim, alguns filmes estrangeiros, destacados em festivais internacionais, como Cannes e Veneza, confirmaram presença. Aqui, chamo atenção para “Queime Depois de Ler”, dos irmãos Coen, “Entre les Murs”, de Laurent Cantet e premiado em Cannes este ano, “O Silêncio de Lorna”, de Luc e Jean-Pierre Dardenne, os aguardados “Palermo Shooting” de Wim Wenders e “Plus Tard Tu Comprendras”, de Amos Gitai (homenageado em Locarno) e “Katyn”, do polonês Andrzej Wajda, indicado ao prêmio de Melhor Filme Estrangeiro, na última edição do Oscar.

Vale lembrar que a programação da Mostra ainda não foi fechada e que mais surpresas podem surgir. Da mesma maneira, ainda não foram definidos valores para ingressos e pacotes e início de vendas. Mas sugiro de antemão que comecem a abrir os porquinhos!

Pôster de “A Paixão de Anna” (1969), destaque da Retrospectiva Ingmar Bergman…

 … da obra-prima de Fassbinder, “Berlin Alexanderplatz” (1980)…

…e trailer do novo filme de Andrzej Wajda, “Katyn”

 

Sabatinando Wim Wenders

E depois da histeria provocada por David Lynch há poucas semanas numa livraria paulistana, agora é a vez de Wim Wenders enlouquecer os cinéfilos paulistanos.

O evento é a já tradicional Sabatina da Folha, promovida pelo jornal A Folha de São Paulo, cuja próxima edição acontecerá nesta sexta-feira (dia 22/08) às 16hs no Masp (av. Paulista,  1.578) com o cineasta alemão Wim Wenders.

Wenders, responsável por pérolas como “Paris, Texas” (1984), “As Asas do Desejo” (1987), ou ainda por chatices como “O Hotel de Um Milhão de Dólares” (2000) e que neste momento dirige “The Palermo Shooting”, veio ao Brasil para participar do seminário Fronteiras Braskem do Pensamento, em Porto Alegre e em Salvador.

Para se inscrever na sabatina é preciso, antes de tudo, ser assinante Folha. Se este é seu caso, você deve ligar para o (sempre ocupado) (11) 3224-3698, entre 14hs e 19hs ou enviar email para eventofolha@folhasp.com.br, informando nome completo, RG, código de assinante e telefone.

Ah, e claro, boa sorte!

O cineasta alemão Wim Wenders

Entre coelhos e sessões de meditação…

Pois não é que o cineasta norte-americano David Lynch resolveu se aventurar no campo da literatura? E mais: é literatura de auto-ajuda!!!

Bem, se a fase “Lair Ribeiro” de Lynch é boa ou não, ainda não sei. Mas no dia 07/08, quinta-feira próxima, o sr. do mundo onírico fará uma palestra e uma sessão de autógrafos sobre seu livro “EM ÁGUAS PROFUNDAS – Criatividade e meditação”, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Av.Paulista, 2.073). O evento é gratuito e acontecerá das 15h00 às 17h00 no Teatro Eva Herz, dentro da livraria principal.

Bem, enquanto isso, sugiro que assistam o dvd de “Império dos Sonhos” (INLAND EMPIRE, EUA, 2006), que saiu faz um tempinho, mas que ainda não tive tempo pra postar minha crítica superespecializada!

David Lynch relatará sua experiência com a meditação transcendental na Livraria Cultura

Mostra Bergman em SP!

Como ando em débito com meus leitores, resolvi me desculpar com uma notícia que com certeza agradará os cinéfilos paulistas de plantão: começa amanhã no HSBC Belas Artes a Mostra “Bergman – 90 anos”!

São 7 títulos do gênio da sétima arte, um por dia (o evento vai até dia 17), sempre as 19h00. E no dia 15, após a exibição de “Gritos e Sussuros” haverá um bate-papo com o crítico de cinema Luiz Carlos Merten, do jornal “O Estado de São Paulo”.

Os filmes de Ingmar Bergman presentes na Mostra são: “Morangos Silvestres” (1957), “O Sétimo Selo” (1956), “A Flauta Mágica” (1975), “O Ovo da Serpente” (1977), “Gritos e Sussuros” (1972), “Da Vida das Marionetes” (1980) e, na quinta-feira, “A Fonte da Donzela” (1959).

Os filmes serão exibidos uma única vez e por isso talvez seja vantajoso comprar o passaporte que dá direito aos 7 filmes. O Valor? Pasme: R$27! Mas se por acaso não quiser rever todos os filmes, os ingressos também serão vendidos individualmente, ao preço de ingresso comum (R$16,00 a inteira).

E aqui um pouquinho de cada filme:

Cena de “Morangos Silvestres”…

…cena de “O Sétimo Selo”…

… uma das cenas mais fofas de “A Flauta Mágica”: Papageno e Papagena!

… a bela Liv Ullman em “O Ovo da Serpente”…

… e também no classico “Gritos e Sussurros”…

… o retorno ao medievalismo nórdico em “A Fonte da Donzela”…

…e o criador de tudo isso, o cineasta sueco Ingmar Bergman!