Posts Tagged 'fotografia'

Melhor Fotografia do Oscar 2009:

Natalie (linda!) Portman e Ben Stiller apresentam o prêmio de Melhor fotografia… Piadinhas sobre chicletes à parte, poesias e afins… the Oscar goes to… “Quem quer Ser um Milionário”…

quem-quer-ser-um-milionario3

Argh… acho que tem crítico de cinema pulando de raiva com esse prêmio.. ainda mais por causa desta cena aqui, mais escatalógica i-m-p-o-s-s-í-v-e-l!!!! Hahahahaha

32ª Mostra – Crítica: “A Fronteira da Alvorada”

Confesso que ainda não consegui encontrar um adjetivo capaz de sintetizar este filme. Digo apenas que desde já, há dois dias do fim desta edição da Mostra, aposto nele minhas fichas de o melhor filme do evento. É claro que ainda me faltam ver bons filmes, como o do Amos Gitai, sem contar na histeria coletiva acerca de Che. Mas duvido que algum desses supere “A Fronteira da Alvorada” é capaz. No máximo empata!

Digo isso por “n” razões. A primeira é que este é um longa dirigido por Philippe Garrel, um dos maiores diretores da atualidade. Depois, o ator, seu filho, Louis Garrel, também pode ser considerado um dos melhores atores francesesda nova geração. A fotografia – tanto comentada – é assinada por William Lubtchansky, que desenvolveu um belo trabalho em P&B, dando ao filme a cara de clássico. E para arrematar, o roteiro maravilhoso, contando uma história de encontros e desencontros tão bem escrita que faz jus aos filmes da Nouvelle Vague.

Depois de tantos elogios, não há nada a ser dito. Veja… e curta sua felicidade burguesa, mas com estilo, por favor!

Avaliação Le Champo: Excelente!

32ª Mostra – Crítica: “Chevolution”

“Não sei quem é, mas está na moda!”.

O documentário ilustra a trajetória da mais explorada imagem da história: o retrato de Che Guevara intitulado “O Guerreiro Heróico”, de Alberto Korda.

Partindo da história do próprio Ernesto “Che” Guevara, o filme cruza depoimentos de várias pessoas (entre elas os atores Gael García Bernal e Antonio Banderas (???), os músicos do Rage Against the Machine e etc.,) com análises de “especialistas” (???) – todos tecendo suas teorias sobre a apropriação da imagem pelo capitalismo e sua rápida disseminação em todo o mundo.

Com o formato parecidíssimo com os programas do History Channel, o documentário não desagrada, mas também não surpreende. São apenas obviedades expostas com humor.

Avaliação Le Champo: Regular.

                                         A apropriação e disseminação de Che, em “Chevolution”