32ª Mostra – Crítica: “Queime Depois de Ler”

Eis aqui uma excelente comédia. E olha que nem sou fã desse gênero!

Mas o humor negro neste novo filme de Ethan e Joel Coen supera todas as expectativas…

O mote central da história é um CD que contém as memórias de um ex-agente da CIA. De posse deste CD e acreditando no valor das informações contidas nele, dois funcionários de uma academia de ginástica resolvem “negociá-lo” e assim, obter uma boa grana. A partir daí a trama fica cada vez mais surpreendente, cômica e bizarra.

Destaque para a atuação de Brad Pitt, como o instrutor da academia e o sempre ótimo John Malkovich no papel do ex-agente Osbourne Cox. 

Uma palavra para “Queime Depois de Ler”: bizarro.

Avaliação Le Champo: Excelente!

Anúncios

0 Responses to “32ª Mostra – Crítica: “Queime Depois de Ler””



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: